Colunista: Homero Hugo Roxo Goulart
Farmacêutico Especialista em Análises Clínicas e Bioquímica de Alimentos, pela UFRGS Chefe do Setor de Quimioterapia do Hospital Militar de Área de Porto Alegre/RS MBA Auditoria em Saúde FATEC/FACINTER

cadastre-se ou faça login para utilizar os novos recursos do portal.

Alimentos Funcionais X Nutracêuticos

Os alimentos funcionais e os nutracêuticos comumente têm sido considerados sinônimos, no entanto, os alimentos funcionais devem estar na forma de alimento comum, serem consumidos como parte da dieta e produzir benefícios específicos à saúde, tais como a redução do risco de diversas doenças e a manutenção do bem-estar físico e mental. O termo Nutracêutico vem da junção de “Nutriente” + “Farmacêuticos”, pois os nutrientes têm a capacidade comprovada de proporcionar benefícios à saúde, como a prevenção e o tratamento de doenças. A associação entre tipos de alimento e saúde não é atual. Há séculos os alimentos são utilizados para fins terapêuticos, sempre baseados na sabedoria popular. Os nutracêuticos fazem parte de uma nova concepção de alimentos, que evoluiu no Japão na década de 80, através de um programa de governo para desenvolver alimentos saudáveis, com propriedades medicinais, em virtude do envelhecimento da população diante do aumento de sua expectativa de vida. Podemos considerar nova a forma como essas substâncias são utilizadas e como as informações referentes a elas são difundidas. Todo alimento contém componentes essenciais à nossa saúde nomeados nutrientes, que podem ser vitaminas, minerais, enzimas, gorduras “boas”, etc. Alguns alimentos vão além de suas funções nutricionais básicas, pois contribuem para melhora do estado de saúde e bem-estar, e reduzem o risco de uma enfermidade. Seu uso é indicado porque possuem uma concentração maior de nutrientes, sendo mais efetivos na prevenção e no tratamento de doenças. Os nutracêuticos, estejam eles ainda incorporados aos alimentos ou isolados, são substâncias naturalmente reconhecidas pelo organismo, e qualquer excesso é facilmente eliminado. Podem também, como produtos, conter em sua composição alguma substancia biologicamente ativa, que, ao serem incluídos numa dieta, modulam processos metabólicos ou fisiológicos, resultando em benefícios à saúde. Eles são compostos por vitaminas e sais minerais que podem ser utilizado como remédio para suprir alguma necessidade do organismo. Podendo ser consumidos sob diferentes formas e encontrados como fibras dietéticas, proteínas, peptídeos, aminoácidos, vitaminas antioxidantes, minerais e outros. Além de o nutracêutico poder ser utilizado no tratamento de doenças, ele pode ser utilizado na prevenção proporcionando benefícios à saúde. Estes nutrientes utilizados para fins específicos podem estar isolados em forma de cápsulas ou fazer parte da composição de suplementos dietéticos, barrinhas de cereais, sopas e bebidas. Podem abranger desde os nutrientes isolados, suplementos dietéticos até produtos projetados, produtos herbais e alimentos processados. Alguns exemplos de nutracêuticos são o resveratrol do vinho e os fitoesteróis presentes na casca da uva. A utilização dos nutracêuticos deve ser proporcional às novas descobertas científicas, tendência esta que proporcionará futuramente orientações de uma alimentação mais personalizada, objetivando saúde e qualidade de vida. A diferença fundamental diz os alimentos funcionais se relacionem à venda e consumo dos mesmos como alimentos, ao passo que os nutracêuticos são ingredientes funcionais isolados e são consumidos sob diferentes formas, dadas pela indústria farmacêutica. O conhecimento legal e científico acerca das definições, legislação e benefícios à saúde dos alimentos funcionais e nutracêuticos poderão contribuir na boa orientação às pessoas sobre o benefício proporcionado à fisiologia do organismo, reduzindo os riscos de determinadas doenças, sempre no compasso do avanço das pesquisas, desde que comprovadas e reconhecidas pela comunidade científica, autoridades governamentais e indústrias.

Publicidade

FlashSB - Levando São Borja para o mundo!
© 2012 - Todos os direitos reservados. Melhor visualizado em 1024x768px. Desenvolvido por index1