Colunista: Homero Hugo Roxo Goulart
Farmacêutico Especialista em Análises Clínicas e Bioquímica de Alimentos, pela UFRGS Chefe do Setor de Quimioterapia do Hospital Militar de Área de Porto Alegre/RS MBA Auditoria em Saúde FATEC/FACINTER

cadastre-se ou faça login para utilizar os novos recursos do portal.

Como nascem os medicamentos

O surgimento de um novo medicamento se faz a partir da observação de cientistas, quando o surgimento de uma nova substância em laboratório pode alterar o curso de uma doença. Muitos testes, em laboratório e, posteriormente em animais de experimentação. Eles são utilizados, por exemplo, para a experimentação de medicamentos antes de sua aplicação em seres humanos. Esses experimentos irão determinar a dose, os benefícios e também os possíveis efeitos colaterais, que podem ser causados pela nova substância(fase de experimentação). Após essa primeira fase iniciam as pesquisas em seres humanos portadores da referida doença, para a qual a nova droga está sendo testada. Denomina-se fase clínica da pesquisa. Caracteriza-se essa fase por inúmeros conhecimentos novos sobre a substância em estudo. Porém, para se comprovar a eficácia e segurança deste novo medicamento são necessárias mais pesquisas em longo prazo. Ainda nessa fase a nova substância deve ser testada em diferentes populações no mundo todo, são os chamados estudos internacionais, onde existe a participação de voluntários portadores daquela doença. A participação desses voluntários permite o avanço da ciência e o desenvolvimento de novos tratamentos que beneficiarão gerações futuras! Todas essas pesquisas clínicas são monitoradas por comitês de ética nacionais e internacionais e regidos por normas internacionais de boas práticas clínicas. Todo conhecimento gerado em função dessas pesquisas permitem desenvolver estudos de relevância técnico-científica. Esses estudos são frequentemente fomentados pelos laboratórios farmacêuticos e os participantes monitorados por exames laboratoriais e consultas médicas antes e após utilização do novo fármaco. Após a substância pesquisada passar por todas as fases da pesquisa, o produto agora acabado, passa por todas as fases de produção e acondicionamento, pronto para a comercialização e consumo. No Brasil, todos os projetos passam por análise criteriosa e aprovação de comitês de ética locais, pela CONEP (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa) e ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

 

Publicidade

FlashSB - Levando São Borja para o mundo!
© 2012 - Todos os direitos reservados. Melhor visualizado em 1024x768px. Desenvolvido por index1