Foto da semana: 336 anos de São Borja

São Francisco de Borja (Origem e Fundação)*

Oriundo da Redução de Santo Tomé
A sementeira de um novo povoado
Vindo mais de mil almas de boa forja
Para edificar nesses confins da Terra
Entre matas, rios plainos e serras
A Redução de São Francisco de Borja
Em mil seiscentos e oitenta e dois
Basificada na religião se erguia
Sendo dos outros povos a estrela guia.

Plantado a margem esquerda do Uruguai
Transpassando o rio o eco do “sapucay”
Era o “Primeiro dos Sete Povos” que surgia.

O Jesuíta Francisco Garcia de Prada
Fundador, missioneiro e colonizador
Cuidava do rebanho com todo o fervor
Uma légua do rio fez sua paragem
Partindo quando de sua última viagem
Duas décadas de trabalho, paz, fé e amor.

Para celebração diária do Santo Ofício
De barro, galhos, capim e taquara
A pobre e singela igrejinha Tapejara
Com a cruz apontando para o infinito
Ao som do sino a acordar contrito
A aldeia de Cristo “Andeyara”.

Do mesmo material a construção das casas, Feliz refúgio dos índios transmigrados
Além de oficinas e depósitos edificados
Em torno de um quadrado que seria a Praça
A mirar uma às outras cheias de graças
Glorificada pela Luz Sagrada. São Francisco de Borja, o Padroeiro 
Assim surgiu e seus primeiros dias,
Mas em pouco tempo a Colônia florescia.

E dos guaranis, naturais e incipientes, Formou-se a esplendorosa civilização ascendente, Naquele tempo distante, eis que nascia.

 

(*) Publicado no 1º Prêmio Missões de Roque Gonzales-1998.

Bem vindo visitante cadastre-se ou faça login para utilizar os novos recursos do portal.

Publicidade

© 2018 - FlashSB - Levando São Borja para o mundo!
João Manoel, 2600 - Centro - São Borja / RS
Telefones: (55) 3431- 3960 / (55) 9 9962-1270
Desenvolvido por Index1